Nelson Baskerville também tem trabalhos como dramaturgo e autor. No teatro assina a adaptação do texto "Quando Nietzsche Chorou" e cria a dramaturgia dos espetáculo “Luis Antônio – Gabriela”, “17X Nelson” e “As Estrelas Cadentes do Meu Céu São Feitas de Bombas do Inimigo”, também participou do grupo de dramaturgia "Núcleo dos Dez de Dramaturgia", dirigido pelo dramaturgo Luiz Alberto de Abreu. Publicou, pela editora nVersus, o livro “Luis Antonio – Gabriela”, onde relata a saga de seu irmão, o garoto Luís Antônio, primogênito de uma família de seis filhos que, com o segundo casamento do pai, ganhou mais três “irmãs”, filhas da madrasta. Em plena ditadura militar brasileira, o garoto que desde pequeno não escondia sua homossexualidade, era espancado pelo pai, com o intuito de que fosse “curado”. Obviamente logo ele ganhou a rua e o pulo para a marginalidade foi sua única saída. Com aplicações de silicone, ele foi se travestindo e, já como Gabriela, parte para a Espanha, país em que chega a ser estrela das boates. A obra é ricamente ilustrada pelo artista visual Thiago Hattnher.

 

Para saber mais sobre o livro clique aqui e para saber mais sobre a nVersos Editora clique aqui.